Conecte-se conosco
[nome do seu blog]

Esportes

Zidane está de volta ao Real Madrid

Diretoria acerta contrato até junho de 2022 com o francês.

Foto / Crédito Divulgação

Publicados

em

O Real Madrid confirmou na tarde desta segunda-feira a notícia que muitos torcedores aguardavam: Zinedine Zidane está de volta. O francês foi anunciado como novo treinador, assinando um contrato até junho de 2022. Ele retorna nove meses depois de sua despedida, para substituir Santiago Solari, e concederá entrevista coletiva às 16h (de Brasília) para falar sobre o acerto.

O argentino foi sacado do comando da equipe menos de uma semana depois da eliminação merengue nas oitavas de final da Liga dos Campeões, após derrota por 4 a 1 diante do Ajax. Apesar de tirá-lo do comando da equipe principal, a diretoria ofereceu um novo cargo (não revelado) a Solari dentro do clube.

A mudança no comando do time já era especulada desde a última terça-feira, uma vez que a queda na Champions praticamente encerrou a temporada merengue, após duas derrotas para o Barcelona em pleno Santiago Bernabéu. Fora da Copa do Rei e com chances bem reduzidas no Campeonato Espanhol, o Real precisaria de uma “reconstrução”, na opinião da diretoria, que optou por não esperar o fim da temporada.

– O Real Madrid agradece pelo trabalho de Santiago Solari e pelo compromisso e lealdade que ele sempre demonstrou a esta casa – disse o clube, através do comunicado.

A saída de Solari, desta forma, era uma possibilidade mais que badalada independente do resultado diante do Valladolid, no último domingo. E a reunião semanal da diretoria do Real Madrid, que sempre ocorre às segundas, sacramentou sua saída depois de menos de cinco meses à frente da equipe. Ele havia assumido o time no fim de outubro, como interino, depois da demissão de Julen Lopetegui, e foi efetivado em novembro.

Com a mudança, o Real Madrid vai para o terceiro técnico diferente na temporada 2018/19 – uma das mais caóticas de sua história. Após a saída de Cristiano Ronaldo e Zidane na última janela de verão europeu, o elenco que conquistou o tricampeonato europeu não conseguiu mostrar bom desempenho e iniciou a liga espanhola longe da disputa pelo título, o que levou à demissão de Lopetegui. Solari fez a equipe crescer e avançar na Copa do Rei e na Liga dos Campeões, mas em duas semanas, a crise voltou a bater à porta.

Zidane, ídolo como jogador e técnico

No anúncio, o Real Madrid destacou os feitos de Zidane, tanto em campo com a camisa merengue quanto à beira do gramado com seu terno impecável. Como treinador, foram dois anos e meio em que conquistou três Ligas dos Campeões em sequência, a última delas em maio passado em Kiev.

Foram 104 vitórias em 149 jogos no comando da equipe, além de alguns recordes quebrados. Ele possui, por exemplo, o melhor aproveitamento de um treinador à frente da equipe em seus primeiros 70 jogos (51 vitórias, 14 empates e 5 derrotas) e ainda estabeleceu a maior invencibilidade no futebol espanhol (40 jogos sem perder).

– A história do Real Madrid e Zidane andam de mãos dadas. Herói da nona conquista (de Champions) com seu gol inesquecível em Glasgow (palco da final de 2002), permaneceu ligado ao Real Madrid após sua aposentadoria. Auxiliar da equipe que venceu a décima, seguiu, em seguida, para liderar o Castilla até 4 de janeiro de 2016, quando foi escolhido treinador da equipe principal, posição que ocupou até 31 de maio de 2018 – disse a nota oficial do anúncio.

“Em menos de três temporadas alcançou um feito que ninguém conseguiu: tornar-se o único técnico da história a conquistar três Copas da Europa consecutivas”, completou o Real Madrid.

Títulos de Zidane como treinador

3 Ligas dos Campeões

2 Mundiais de Clubes

2 Supercopas da Europa

1 Campeonato Espanhol

1 Supercopa da Espanha

Títulos como jogador do Real Madrid

1 Liga dos Campeões

1 Mundial de Clubes

1 Supercopa da Europa

1 Campeonato Espanhol

2 Supercopas da Espanha

Fonte: Globo Esporte

Continue lendo
Propaganda

Esportes

Morre Niki Lauda, um dos maiores pilotos da Fórmula 1

Publicados

em

De

Planet F1

Único piloto campeão mundial pela Ferrari e McLaren, o austríaco Niki Lauda, lenda da Fórmula 1, morreu nesta segunda-feira, aos 70 anos. No início do ano, o ex-piloto teve uma gripe forte após fazer um transplante de pulmão e vinha fazendo hemodiálise. Na carreira, Lauda foi campeão 1975, 1977 e em 1984. As duas primeiras pela Ferrari e a última, pela McLaren. (Por O Globo)

– Com profunda tristeza, anunciamos que nosso amado Niki morreu pacificamente com sua família na segunda-feira, 20 de maio de 2013. Suas realizações únicas como atleta e empreendedor são e permanecerão inesquecíveis; seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecem um modelo e uma referência para todos nós. Era um marido amoroso e atencioso, pai e avô longe do público, que sentirá sua falta  – diz o e-mail assinado com a família de Lauda.

Em 1997 e 2005, o austríaco havia feito transplante de rim.

Durante a carreira, em uma prova na Alemanha, o então piloto sofreu graves queimaduras. Abaixo, um depoimento dele sobre o acidente:

– Eu tive muitas queimaduras, mas me recuperei rápido. Aquilo demorou a passar, mas eu ainda estou aqui. E tenho que dizer: não, nunca tive medo. Eu estava nas mãos de ótimos especialistas e coloquei minha confiança neles. Sabia que aquele tempo demoraria, mas a única coisa que eu poderia fazer era lutar- declarou.

Fonte: O Globo

Continue lendo

Esportes

Atlético-MG vence o Flamengo com um jogador a menos

Publicados

em

De

Atlético-MG x Flamengo (Foto: Bruno Cantini/ Atlético-MG)

Em quase 90 anos de história, Atlético-MG e Flamengo protagonizaram grandes jogos. E certamente o duelo deste sábado engrossou a lista de jogaços entre os dois times. Valente, o Galo superou a expulsão de Elias no primeiro tempo e venceu o Flamengo por 2 a 1, no Independência. Uma noite de belos gols. Cazares e Chará marcaram para o time da casa, enquanto Bruno Henrique descontou para os visitantes.

No sábado, o Galo visita o Grêmio, em Porto Alegre, às 19h, na Arena do Grêmio. No domingo, o Flamengo recebe o Atlético-PR, às 16h, no Maracanã.

Fonte: Globo Esporte

Continue lendo

Esportes

Palmeiras goleia o Santos no Pacaembu e mantém liderança

Publicados

em

De

Foto/Globo Esporte

No duelo que valia liderança isolada do Campeonato Brasileiro, ainda que em fase inicial, o Palmeiras respondeu com autoridade às cobranças por um futebol bonito – e logo diante do Santos de Jorge Sampaoli, do jogo envolvente. Neste sábado, no Pacaembu, o “amor pelo balón” foi do Palmeiras, que teve menos posse (39%), mas fez 4 a 0 no rival com autoridade, jogando bem e enchendo os olhos dos mais de 30 mil presentes na partida. Na melhor atuação da equipe sob comando de Felipão, o Verdão fez seus gols com Gustavo Gómez, Deyverson, Raphael Veiga e Hyoran. Vitória fundamental diante de um possível rival direto na luta pelo título. O Palmeiras, agora, ostenta uma invencibilidade de 28 jogos em partidas do Brasileirão.

A vitória leva o Palmeiras aos 13 pontos, agora isolado na liderança do Campeonato Brasileiro – são 12 gols marcados e apenas um sofrido em cinco rodadas. O Santos continua com 10 pontos na tabela e conhece sua primeira derrota na competição.

Fonte: Globo Esporte

Continue lendo