Conecte-se conosco

Esportes

PSG atropela na Copa da França com dois de Mbappé e vai às semis

Oitava vitória seguida do PSG na temporada, dentro de uma sequência de 22 jogos de invencibilidade.

Foto: REUTERS/Emmanuel Foudrot

Publicados

em

O Paris Saint-Germain teve uma noite muito tranquila nesta quarta-feira no Estádio Gaston-Gérard. Goleada por a 6 a 1 sobre o Dijon e classificação assegurada para as semifinais da Copa da França. Sarabia (duas vezes), Mbappé e Thiago Silva marcaram para o PSG, que também contou com dois gols contra, de Lautoa e Coulibaly. O gol de honra do Dijon foi de Chouiar. Oitava vitória seguida do PSG na temporada, dentro de uma sequência de 22 jogos de invencibilidade. Curiosamente, a última derrota havia sido justamente para o Dijon, no dia 1 de novembro do ano passado, pelo Campeonato Francês.

Se não tem Neymar, vai Mbappé mesmo. O atacante francês foi um dos destaques do PSG nesta goleada por 6 a 1 sobre o Dijon, ao lado de Sarabia, que marcou duas vezes. Mbappé até exagerou em alguns lances no primeiro tempo, mas marcou o segundo gol do Paris Saint-Germain, teve participação direta no quinto (a cavadinha foi dele, mas a arbitragem assinalou depois gol contra de Coulibaly) e deu a assistência para o sexto, de Sarabia. O meia espanhol também anotou o quarto gol, de rebote.

Outro ponto importante foi o retorno do zagueiro Thiago Silva, capitão do PSG. Ele voltou a jogar depois de perder quatro compromissos, por causa de uma lesão na virilha, sofrida no fim de janeiro. Apesar de um vacilo na etapa inicial e da compreensível falta de ritmo, Thiago Silva foi importante defensivamente e colaborou para a goleada, com um gol de cabeça, o terceiro da vitória por 6 a 1.

Primeiro tempo

Os primeiros 45 minutos foram de amplo domínio do Paris Saint-Germain, mas sem tantas chances claras. Facilitou estar à frente com menos de dois minutos de jogo, graças ao gol contra de Lautoa. O Dijon teve poucos contra-ataques – até porque o PSG matou muitos, com falta. Mas em um deles Chouiar teve espaço e qualidade para aproveitar e empatar provisoriamente o jogo. Cavani teve um gol anulado após atuação do VAR, por toque de mão de Meunier. Mas quase no fim da etapa inicial, depois da roubada de bola de Draxler, Mbappé fez 2 a 1.

Segundo tempo 

A etapa final foi um passeio do Paris Saint-Germain. Ao todo foram 11 finalizações, sendo seis no gol adversário. Já o Dijon não acertou a meta de Navas uma vez sequer. Com quatro minutos Thiago Silva ampliou para 3 a 1, de cabeça. Aos 10, Sarabia marcou o quarto. O PSG teve várias chances de aumentar o placar, mas os dois últimos gols só saíram após os 40 minutos. Primeiro o gol contra de Coulibaly, na cavadinha de Mbappé. E depois, já nos acréscimos, o segundo de Sarabia.

Fonte: Globo Esporte

Francisco das Chagas Fernandes de Souza, 35 anos, servidor público (Gari), conhecido como Chaguinha Net. Em 2011 criou o Blog do Chaguinha Net e em 2018 foi além e criou o Portal Potengi News, possibilitando para a Região do Potengi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Aqui você pode conferir as principais notícias da Região Potengi, Rio Grande do Norte, Brasil e do Mundo.

Continue lendo
Propaganda

Esportes

Neymar faz campanha contra o coronavírus

Estrela do futebol mundial fará doações para moradores de favelas de São Paulo.

Publicados

em

De

Neymar e amigos criam campanha contra coronavírus | Reprodução: Instagram

O novo coronavírus segue afetando o mundo do futebol, causando várias paralisações em campeonatos de diversos lugares do mundo. Neymar, atacante do PSG, decidiu criar a ‘UniaoSP’, causa que irá fazer doações para moradores de favelas de São Paulo.

Além de Neymar, a campanha ainda conta com o surfista Gabriel Medina, o jogador de volêi Bruninho, Luciano Huck, Thiaguinho e Rafael Zulu. A medida visa ajudar moradores de áreas que podem ser mais afetatas pelo vírus com doações de cestas básicas e produtos higiene.

Fonte: Esporte Interativo

Continue lendo

Esportes

Lateral do Flamengo faz doação a hospital do Piauí

Renê participa de ação para compra de aparelhos respiradores em Picos, sua cidade natal

Publicados

em

De

Foto/Crédito AlexandreVidal / Flamengo

O lateral-esquerdo Renê, do Flamengo, está participando de uma campanha em apoio ao Hospital Regional Justino Luz (HRJL), em Picos, Piauí, diante da pandemia do coronavírus. O jogador fez uma doação que tem como objetivo ajudar o hospital na compra de aparelhos respiradores. Informações do site Terra

Segundo os dados da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí, divulgados nesta tarde, o Estado tinha oito casos de COVID-19 confirmados, todos em Teresina, e 167 suspeitos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Picos, eram oito casos suspeitos na cidade até a tarde de terça-feira.

No Flamengo desde 2017, Renê começou sua carreira no futebol no Picos, clube da sua cidade natal. Antes de chegar ao Rubro-Negro, defendeu o Sport.

Com a chegada de Filipe Luís, em julho de 2019, o camisa 6 passou a ser reserva no time de Jorge Jesus, mas continua sendo acionado frequentemente.

Por conta da pandemia do coronavírus, os jogos do Flamengo e todas as atividades no Ninho do Urubu foram suspensas por tempo indeterminado, e os atletas estão realizando atividades em casa para manter a forma física.

Continue lendo

Esportes

São Paulo aguarda decisão coletiva e pode negociar salários

Clube acompanha as conversas da Comissão Nacional de Clubes com os sindicatos.

Publicados

em

De

Foto/ Rubens Chiri

O São Paulo ainda não definiu estratégias para atenuar os gastos com salários e direitos de imagem durante a pausa do futebol devido à pandemia do novo coronavírus. O clube acompanha as negociações da Comissão Nacional de Clubes com representantes dos jogadores das Séries A, B, C e D do Brasileirão, mas não descarta fazer um acordo diretamente com seu elenco. Informações do site Terra

Nesta negociação coletiva, conduzida pelas diretorias de Atlético-MG, Bahia, Fluminense, Grêmio e Palmeiras, as partes têm trocado propostas desde sexta-feira. A última, encaminhada pelos clubes na segunda, fala em 20 dias de férias coletivas aos atletas e, persistindo a paralisação das competições, uma suspensão de 25% de salários e direitos de imagem após este período. Os atletas responderão até a noite de quarta.O São Paulo tem ainda uma particularidade. Daniel Alves, por exemplo, tem uma parcela de seus direitos de imagem a receber no fim de abril. É uma prática do clube estipular gatilhos altos a serem pagos semestralmente para que os gastos mensais com salários sejam menores. Por enquanto, as datas pré-estabelecidas estão todas mantidas.

Após a definição da negociação coletiva, o São Paulo deve iniciar as conversas sobre este tema com seus jogadores, tanto sobre os pagamentos mensais de salários quanto sobre pagamento de parcelas pré-estipuladas de luvas ou direitos de imagem.

O Tricolor teve prejuízo de R$ 50 mil ao realizar o clássico com o Santos, pelo Paulistão, com portões fechados por causa da pandemia. O clube projetava uma renda superior a R$ 1 milhão nesta partida e mais ainda nos jogos dos mata-matas do Estadual e da fase de grupos da Libertadores que seriam realizados entre março e abril e foram adiados. Esta é uma parte importante do orçamento.

Além disso, o contrato de patrocínio máster com o Banco Inter vence no fim de abril e as negociações para renovar estão congeladas devido à incerteza sobre o retorno do futebol. O Tricolor tenta manter a exposição de seu parceiro utilizando as redes sociais e os vídeos de seu canal no Youtube.

No ano passado e no início deste, o São Paulo já teve problemas com o fluxo de caixa e chegou a atrasar direitos de imagem e salários. Todas as pendências já foram quitadas.

O clube fechou o exercício fiscal de 2019 com déficit de R$ 156 milhões. A diretoria aponta que metade deste valor se refere a dívidas antigas que foram renegociadas e serão pagas de forma parcelada ao longo dos próximos anos, enquanto a outra metade foi causada pela decisão de não vender Antony no meio do ano e apenas agora, em fevereiro.

Continue lendo