Conecte-se conosco

Esportes

Jorge Jesus é denunciado no STJD e pode pegar 12 jogos

Publicados

em

Jorge Jesus no comando do Flamengo na Arena da Baixada (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O Flamengo e o técnico Jorge Jesus serão julgados na próxima quinta-feira, dia 23, por infrações na partida contra o Athletico, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube foi denunciado pela Procuradoria da Justiça Desportiva por conta do atraso da equipe na volta do intervalo, enquanto o treinador por declarações ofensivas contra a equipe de arbitragem e conduta contrária à disciplina. A sessão da Quinta Comissão Disciplinar acontecerá às 15h30.

De acordo com a Procuradoria o clube carioca cometeu infração ao artigo 191, inciso III por descumprir o inciso XV do artigo 7 do RGC 2019.

Já o técnico Jorge Jesus foi denunciado por dupla infração: Ofender a arbitragem descrita no artigo 243-F e assumir conduta contrária à disciplina ou ética desportiva no artigo 258, ambos do CBJD.

A denúncia contra o Mister aconteceu após recebimento de Notícia de Infração proposta pela ANAF – Associação Nacional dos Árbitros de Futebol destacando as declarações ofensivas concedidas pelo treinador em entrevista após a partida. No entendimento da ANAF as palavras atingem a honra, dignidade, injúria, agravo, ultraje e afronta ao árbitro da partida.

“Sabíamos que jogo ia ser difícil pela qualidade do Athletico, pelas condições do sintético, jogo completamente diferente. Já viemos preparados. Não vinha preparado para jogar contra duas equipes, contra o árbitro, mas contra o Atlhetico”, disse o treinador após o jogo, antes de completar:

“Quem toma essas decisões tem que ser penalizado. Não pode tomar uma decisão e nem estar no campo para fazer outras asneiras. Não tem capacidade. Nem sei quem foi, mas não pode andar no VAR. Vai para casa, férias. E para não prejudicar o árbitro, que teve decisão certa, mas foi influenciado pelo VAR. Não pode passar impune. Quando um VAR não tem capacidade com todas as ferramentas que tem, não pode. Não tem capacidade, é como todas as profissões, é para os melhores.”

O Flamengo pode ser multado entre R$ 100 e R$ 100 mil por descumprir o regulamento. Já o técnico corre risco de suspensão por quatro a seis partidas e multa de R$ 100 e R$ 100 mil pela ofensa e suspensão de uma a seis partidas pela conduta antidesportiva.

Fonte: Terra

Continue lendo
Propaganda

Esportes

Flamengo e Vasco empatam em jogo de oito gols no Maracanã

Fla e Vasco empataram em um 4 a 4 histórico e o resultado acabou adiando a possibilidade de título brasileiro do Rubro-negro.

Publicados

em

De

Vascaíno Rossi tenta a bicicleta e é marcado de perto por Filipe Luís e Pablo Marí no clássico (Wallace Teixeira/ Estadão Conteúdo)

Em duelo antecipado da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo empatou com o Vasco na noite desta quarta-feira (13) por 4×4, no Maracanã, e ampliou a vantagem na liderança da competição. Com o resultado, o time do técnico Jorge Jesus chegou aos 78 pontos, com 11 de vantagem para o vice-líder Palmeiras.

O clássico carioca começou frenético. Mais precisamente aos 38 segundos de bola rolando. Reinier fez linda jogada individual pelo lado esquerdo do ataque e cruzou para a área. Gabigol desviou, mas foi o meia Éverton Ribeiro que chegou para balançar a rede com uma bomba.

Apesar do susto, o Vasco não se abateu e pregou uma verdadeira peça no Flamengo. Aos 33 minutos, Rossi cruzou a bola na área, Raul ajeitou de cabeça, e Marrony chegou batendo, de primeira, para empatar.

O gol da virada veio logo depois. Aos 35 minutos, Yago Pikachu invadiu a área e foi derrubado por Rodrigo Caio. Pênalti marcado e convertido com perfeição pelo próprio Pikachu, que deslocou o goleiro Diego Alves.

Só que aos 39 o Fla deixou tudo igual. Em cobrança de falta ensaiada, Gabigol tocou para Rafinha na direita e o lateral, de primeira, mandou cruzado. A bola desviou em Danilo Barcellos e morreu no fundo das redes. Assim acabou o primeiro tempo.

Mais emoção

Na volta do intervalo, o Vasco quem fez bonito. Aos 6 minutos, Pikachu deu lindo passe para Rossi na linha de fundo. O atacante cruzou para a área e Marcos Júnior só empurrou para o gol.

Em um clássico ‘louco’, o Fla voltaria a empatar. Aos 20 minutos, Bruno Henrique tabelou com Arrascaeta e, na saída de Fernando Miguel, tocou para fazer o terceiro e igualar o placar.

Aos 34, o gol da virada rubro-negra. Vitinho fez bela jogada, cruzou para Gabigol, que desviou para Bruno Henrique bater de primeira e botar o Fla na frente.

Quando tudo parecia perdido para os alvinegros, o prêmio veio aos 47 minutos do 2º tempo. Após chutão na área, Henríquez deu de cabeça para o meio, Ribamar ganhou de Rodrigo Caio pelo alto e cabeceou na saída de Diego Alves para fechar o placar em 4×4.

Fonte: Correio

Continue lendo

Esportes

Dentinho se manifesta sobre caso de racismo: “Pior dia da minha vida”

Atacante ex-Corinthians e Taison, ambos do Shakhtar, foram alvos de gritos da torcida do Dynamo de Kiev imitando o som de macaco.

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação/Instagram

Uma das vítimas de racismo no último domingo junto com Taison, Dentinho se manifestou sobre o caso na manhã desta segunda. Para o ex-jogador do Corinthians, a partida entre Shakhtar Donetsk e Dynamo de Kiev foi “o pior dia da vida” e depois de um tempo pensando chegou à conclusão de que não poderia se calar diante da gravidade do assunto. As informações são do Globo Esporte.

– Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida.

Na postagem, Dentinho dá maiores detalhes sobre o que aconteceu dentro de campo no domingo. Segundo ele, a torcida do visitante Dynamo de Kiev fez sons de guinchos de macacos por três vezes na partida, sendo duas direcionadas a ele. O atacante resumiu o sentimento em três palavras: “revolta, tristeza e nojo”.

“Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida. Durante o jogo, por três vezes, a torcida adversária fez sons que lembravam macacos, sendo duas vezes direcionadas a mim. Essas cenas não saem da minha cabeça. Não consegui dormir e já chorei muito. Sabe o que eu senti naquele momento? Revolta, tristeza e nojo de saber que ainda existem pessoas tão preconceituosas nos dias de hoje. Agradeço a todos pelas mensagens de apoio e manifestações de carinho.#noracism #nãoaopreconceito”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave. Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida. Durante o jogo, por três vezes, a torcida adversária fez sons que lembravam macacos, sendo duas vezes direcionadas a mim. Essas cenas não saem da minha cabeça. Não consegui dormir e já chorei muito. Sabe o que eu senti naquele momento? Revolta, tristeza e nojo de saber que ainda existem pessoas tão preconceituosas nos dias de hoje. Agradeço a todos pelas mensagens de apoio e manifestações de carinho. ⚽❤ #noracism #nãoaopreconceito

Uma publicação compartilhada por Dentinho ⚽🇧🇷 (@mlkdentinho) em

Continue lendo

Esportes

Fora de seleção uruguaia, Arrascaeta segue desfalcando o Flamengo

Comissão técnica avalia retorno contra Vasco.

Publicados

em

De

Crédito: Marcelo Cortes/Flamengo

Arrascaeta segue fora do Flamengo na partida contra o Bahia, domingo, no Maracanã. O uruguaio, que ficou fora da convocação da seleção uruguaia para a próxima data FIFA, faz tratamento intensivo após sofrer entorse no joelho esquerdo na vitória sobre o Corinthians, há uma semana. O meia realiza ainda trabalho de fortalecimento muscular na região. As informações

O joelho é o mesmo onde Arrascaeta passou por uma artroscopia há pouco mais de um mês. O problema não preocupa para a decisão da Libertadores, dia 23 de novembro, em Lima, no Peru, contra o River Plate. O Flamengo, por sua vez, se cerca de cuidados para não expor ao risco um de seus principais jogadores.

Arrasca não treinou com bola durante toda a semana e fez apenas atividades de musculação e fisioterapia. A comissão técnica rubro-negra vê com bons olhos o retorno no clássico de quarta-feira, com o Vasco, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília), em duelo antecipado da 34ª rodada do Brasileirão. Uma nova avaliação será realizada na reapresentação do elenco, segunda-feira, no Ninho do Urubu.

Mesmo fora da partida com o Bahia, Arrascaeta segue normalmente a programação de tratamento e reforço muscular ao longo do fim de semana. O Flamengo entra em campo domingo, às 18h, no Maracanã, para encarar o Tricolor baiano pela 32ª rodada do Brasileirão. Com 74 pontos, o Rubro-Negro lidera a competição.

Fonte: Globo Esporte

Continue lendo