Conecte-se conosco

Esportes

Flamengo vence a Chapecoense e se mantém na liderança

Mesmo desfalcado, rubro-negro venceu a Chape, que está na lanterna - Foto: Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Publicados

em

Deu a lógica no duelo dos opostos, neste domingo, em Chapecó. Apesar de ter desfalques importantes – Filipe Luis, Arrascaeta e Gabriel -, o Flamengo aumentou ainda mais o desespero da Chapecoense, ao vencer por 1 a 0, na Arena Condá, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O placar ainda poderia ter sido mais elástico se não fossem as inúmeras chances desperdiçadas pelo time carioca, que dominou a partida do início ao fim. Dúvida depois de ter sido poupado do treinamento de sábado, Bruno Henrique foi o autor do único gol da partida.

Invicto há nove jogos – 12 contando a Copa Libertadores -, o Flamengo continua na liderança isolada, com 52 pontos, seis a mais que o Palmeiras, que recebe o Atlético-MG nesta tarde. No outro extremo da tabela, a Chapecoense chegou ao oitavo jogo sem vitória e segue na lanterna, com 15 pontos.

O Flamengo precisou de apenas 55 segundos para levar perigo ao gol de Tiepo. Uma das novidades na escalação, o jovem Reinier cruzou para dentro da área e Bruno Henrique, que era dúvida, finalizou de primeira pela linha de fundo. Na sequência, os papéis se inverteram.

Bruno Henrique ganhou pelo alto e ajeitou de cabeça. A zaga da Chapecoense parou e Reinier desviou de carrinho para fora. A pressão rubro-negra parecia não ter fim. Aos 18 minutos, Bruno Henrique soltou a bomba de fora da área e viu a bola explodir na trave de Tiepo.

O gol parecia questão de tempo. Aos 30 minutos, aconteceu um lance curioso. O goleiro Tiepo soltou a bola para sair jogando, mas não viu que Bruno Henrique estava atrás. O atacante rubro-negro desarmou e só não marcou porque o goleiro conseguiu se recuperar e fazer o desvio.

Aos 35, não teve jeito. Vitinho cruzou, a defesa parou pedindo impedimento e Bruno Henrique apareceu livre para se abaixar e desviar de cabeça. Após consulta do VAR, o gol foi validado pela arbitragem para reclamação geral dos jogadores catarinenses.

Quase que o zagueiro Rodrigo Caio ampliou de cabeça antes do intervalo. A bola saiu raspando a trave de Tiepo.

O panorama não mudou depois do intervalo e o Flamengo massacrou a Chapecoense. No entanto, aos oito minutos, quase aconteceu o empate. Régis escapou em velocidade nas costas da defesa e finalizou com muito perigo por cima do travessão.

Diante da necessidade da vitória, a Chapecoense passou a sair mais e dar espaços para o Flamengo. Aos 15, Bruno Henrique recebeu de Vitinho e bateu em cima de Tiepo. Na sequência, Everton Ribeiro aproveitou rebote e bateu colocado exigindo grande defesa do goleiro.

Aos 28 minutos, Everton Ribeiro arriscou de longe e mandou na rede pelo lado de fora. Cinco minutos depois, Rafinha cruzou e Pablo Marí cabeceou na trave. O Flamengo passou a administrar a posse da bola e viu a Chapecoense ameaçar já nos minutos finais. Everaldo cabeceou e Diego Alves defendeu em dois tempos.

A Chapecoense volta a campo na quarta-feira, contra o Fortaleza, às 20h30, na Arena Castelão, no Ceará. Na quinta-feira, o Flamengo recebe o Atlético-MG, às 20 horas, no Maracanã. Os jogos serão válidos pela 24.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 FLAMENGO

CHAPECOENSE – Tiepo; Bryan, Douglas, Rafael Pereira e Roberto; Márcio Araújo, Elicarlos e Gustavo Campanharo (Vini Locatelli); Renato Kayzer (Camilo), Everaldo e Régis (Arthur Gomes). Técnico: Marquinhos Santos.

FLAMENGO – Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Vitinho (Piris da Motta), Bruno Henrique e Reinier (Berrío depois Lucas Silva). Técnico: Jorge Jesus.

GOLS – Bruno Henrique, aos 35 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Vinícius Gonçalves Dias Araujo (SP).

CARTÃO AMARELO – Elicarlos (Chapecoense).

RENDA – R$ 921.310,00.

PÚBLICO 12.152 pagantes.

LOCAL Arena Condá, em Chapecó.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Francisco das Chagas Fernandes de Souza, 34 anos, servidor público (Gari), conhecido como Chaguinha Net. Em 2011 criou o Blog do Chaguinha Net e em 2018 foi além e criou o Portal Potengi News, possibilitando para a Região do Potengi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Aqui você pode conferir as principais notícias da Região Potengi, Rio Grande do Norte, Brasil e do Mundo.

Esportes

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro

Publicados

em

De

Flamengo conquistou o título - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

No final da noite desta segunda (9), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) promoveu, na região portuária do Rio de Janeiro, o Prêmio Brasileirão 2019, festa de celebração dos destaques do futebol brasileiro.

Em um ano no qual o Flamengo conquistou o título em uma campanha em que quebrou vários recordes, a equipe rubro negra foi a mais premiada da noite.

Seleção do Brasileiro

Na eleição realizada por jornalistas, técnicos da competição e capitães foi definido o time ideal da Série A, com 9 jogadores do rubro negro: Santos (Athletico-PR), Rafinha (Flamengo), Rodrigo Caio (Flamengo), Pablo Marí (Flamengo) e Filipe Luis (Flamengo); Bruno Guimarães (Athletico-PR), Gerson (Flamengo), Everton Ribeiro (Flamengo) e De Arrascaeta (Flamengo); Bruno Henrique (Flamengo) e Gabigol (Flamengo).

Equipe feminina ideal

Na celebração também foi apresentada a seleção do Campeonato Brasileiro Feminino na Série A1. A equipe foi formada por: Luciana (Ferroviária); Fabiana (Internacional), Pardal (Corinthians), Érika (Corinthians) e Tamires (Corinthians); Aline Milene (Ferroviária), Maglia (Ferroviária), Gabi Zanotti (Corinthians) e Victoria (Corinthians); Millene (Corinthians) e Glaucia (Santos).

Prêmios individuais

A festa também apresentou os destaques individuais, começando com os artilheiros da competição masculina, Gabigol (Flamengo) com 25 gols, e do torneio feminino, Millene (Corinthians) com 19 gols.

Os prêmios de gol mais bonito, escolhidos por internautas, foram para Tamires (Corinthians), feminino, e para o uruguaio De Arrascaeta (Flamengo), masculino.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Continue lendo

Esportes

São Gonçalo foi o Campeão do Super Matutão 2019

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

Após um pouco mais de um mês de disputa entre as seleções do Rio Grande do Norte, o Super Matutão – O Futebol do Interior Mais Forte, teve a grande final nesse domingo (8). O São Gonçalo levou o troféu Everaldo Lopes para casa, ficando com o título após derrotar a Seleção de São Pedro por 2 a 1. A decisão foi realizada na Arena das Dunas, em Natal.

Foto/Crédito Divulgação

O São Gonçalo saiu na frente com dois gols do Kadu, camisa 9. Enquanto que o Tapuia diminuiu para o São Pedro. O torneio foi realizado com jogos de ida e volta: “mata-mata”. No total, foram inscritas 24 seleções, compostos por jovens e amadores.

O Super Matutão tem como objetivo dar oportunidade aos jovens talentos do Rio Grande do Norte, promovendo gerando e visibilidade por meio da prática desportiva.

Foto/Crédito Divulgação

Relembre a campanha do São Gonçalo:

O São Gonçalo passou pela Seleção de Macaíba na primeira fase após julgamento e escalação de jogador irregular. Na segunda fase, a equipe enfrentou dificuldades ao enfrentar o São José de Mipibu, porém conseguiu avançar e foi ganhando confiança. Chegou nas quartas de final e eliminou a Seleção de Maxaranguape com folga. Na semifinal, enfrentou uma equipe bem preparada e a decisão acabou indo para sorteio. Consequentemente a sorte fez com que o São Gonçalo chegasse a grande decisão do Matutão, mas a competência fez com que se sagrasse campeão. O time marcou 12 vezes e sofreu seis gols, resultando um saldo positivo de seis gols.

Resultados

1 FASE

Macaíba 0 x 0 São Gonçalo

São Gonçalo 1 x 1 Macaíba

2 FASE

São Gonçalo 1 x 0 São José de Mipibu

São José de Mipibu 1 x 1 São Gonçalo

QUARTAS DE FINAL

São Gonçalo 5 x 0 Maxaranguape

Maxanraguape 2 x 2 São Gonçalo

SEMIFINAL

São Gonçalo 1 x 0 Goianinha

Goianinha 1 x 0 São Gonçalo

FINAL:

São Gonçalo 2 x 1 São Pedro

Fonte: FNF / 10 Sports

Continue lendo

Esportes

Fifa muda estádio da estreia do Liverpool e da final do Mundial de Clubes

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

A Fifa anunciou neste sábado que mudou o palco que receberá a final do Mundial de Clubes, que será disputado no Catar, em Doha. Como a inauguração do Education City Stadium foi adiada para 2020, o Khalifa International Stadium vai abrigar, além da final, da estreia do Flamengo e da decisão do quinto lugar, também o primeiro jogo do Liverpool na competição e o duelo pela terceira posição.

O primeiro jogo do Flamengo na competição será em 17 de dezembro, às 14h30 (horário de Brasília), mesmo dia da disputa pelo quinto lugar, mas mais cedo, às 11h30. O Liverpool debuta no torneio dia 18, às 14h30. A decisão valendo o terceiro lugar está agendada para o dia 21, às 11h30, pouco antes da final, marcada para as 14h30.

Em um comunicado em seu site, a Fifa justifica que mudança se dá pela demora no processo de certificação do Education City Stadium. O local não foi capaz de realizar os eventos-teste necessários e, assim, ficou fora do Mundial de Clubes. O estádio vai receber um jogo das quartas de final da Copa do Mundo do Catar, em 2022. “A prioridade é garantir uma experiência agradável para todos os torcedores, por isso foi decidido abrir o estádio posteriormente”, diz um trecho do comunicado.

O Khalifa International Stadium tem capacidade para mais de 45 mil pessoas e foi reaberto em maio de 2017, após ser reformado para a disputa da Copa do Mundo do Catar.

Com a mudança, o local será palco de cinco das oito partidas da competição. Os outros três jogos, na primeira e segunda fases, serão disputados no Jassim Bin Hamas Stadium. A Fifa informou que os torcedores que compraram ingressos para partidas no Education City Stadium terão suas entradas automaticamente emitidas para o novo local escolhido e seus assentos serão alocados na mesma categoria de preço.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Continue lendo