Conecte-se conosco

Notícias

Como manter a saúde bucal dos pets?

Atenção à higiene oral dos animais de estimação evita doenças e auxilia no bem-estar dos bichinhos. Saiba mais

Foto/Crédito Divulgação

Publicados

em

Ser tutor de pets requer mais responsabilidades do que se imagina. É preciso levar para passear, visitar frequentemente o médico veterinário, manter as vacinas em dia e prover uma boa alimentação para o animal.

Mas não só isso. Há também os cuidados com a higiene bucal dos cães e gatos, que, muitas vezes, acaba sendo deixada de lado por conta da correria do dia a dia de seus donos. 

Muitos até desconhecem que um simples mau hálito do bichinho pode ser o indício de uma grave doença bucal.

Com isso, para esclarecer o tema de uma vez por todas, vamos explicar em detalhes os malefícios da falta de atenção à saúde oral dos animais. E também daremos algumas dicas valiosas para deixar o seu pet ainda mais saudável. Veja adiante.

Problemas bucais mais comuns em cães e gatos

Grande parte das doenças orais dos animais de estimação evolui de forma rápida e silenciosa, fazendo com que os tutores percebam sinais de doenças tardiamente.

Entre as principais doenças bucais nos pets estão algumas:

  • Lesões endodônticas: acontecem a partir da quebra dos dentes dos animais, e isso faz com que bactérias causem lesões na parte interior do osso. Essas bactérias podem infectar não só a boca, mas também podem infeccionar outros órgãos do bichinho;

  • Gengivite: é uma inflamação na gengiva do animal. Ocorre em decorrência do acúmulo de placa bacteriana. Os seus sintomas incluem mau hálito, vermelhidão na gengiva, podendo gerar sangramento e aparência alongada dos dentes.

  • Doença periodontal: acontece por causa da progressão da placa e da inflamação da gengiva. Não apenas a gengiva é afetada, mas também os ligamentos que mantém os dentes e os ossos em seus lugares. Como consequência, há a perda dos dentes e o enfraquecimento dos ossos, que levam a fraturas na mandíbula e no maxilar.

  • Lesão Reabsortiva dos Felinos: é tida como a cárie dos gatos. Esta doença pode gerar a reabsorção dos dentes do bichinho, deixando-os fracos e, como consequência, mais suscetíveis a fraturas.  

Assim, atentar-se à higiene bucal dos animais de estimação é imprescindível para a saúde deles! É tão importante quanto os outros cuidados básicos que muitos tutores já estão acostumados, como levá-lo para passear, dar as vacinas, vermífugo e outros. 

Como cuidar da saúde bucal do meu pet?

É indicado que os cuidados com a higiene bucal dos animais de estimação comecem logo enquanto eles são filhotes. Mas sabemos que nem sempre isso acontece. 

Muitos donos de pets ficam atentos a essa questão apenas quando percebem os primeiros sintomas das doenças. 

Com o intuito de evitar que isso aconteça, vamos dar algumas dicas a seguir. Veja!

  1. Escove os dentes do seu pet diariamente 

A escovação dos dentes dos animais deve ser feita pelo menos uma vez ao dia. Para isso, existem escovas e creme dentais específicos para os pets.

Jamais utilize pasta dental de humanos, pois o teor de flúor presente nelas é considerado tóxico para os animais.

Alguns animais podem resistir um pouco inicialmente, mas vamos te ajudar com algumas dicas:

  • Acomode confortavelmente o seu pet e faça carinhos. Isso fará com que ele fique mais calmo e aceite melhor a escovação;

  • Mantenha a escova em um ângulo de 45° em relação aos dentes, assim, as cerdas penetram suavemente no sulco gengival. Lembre-se de realizar movimentos circulares;

  • Escove primeiramente os dentes de trás;

  • Para acostumar o pet, escove apenas a face externa de alguns dentes de cima e aumente a quantidade de dentes a cada sessão. Conforme ele for se acostumando com a escovação, também faça a higiene na superfície interna também.

  1. Mantenha bons hábitos alimentares

Os alimentos ingeridos pelo cão ou gato podem fazer toda a diferença quando o assunto é saúde bucal. É preciso fornecer uma alimentação equilibrada e balanceada para os bichinhos.

A escolha da ração deve ser feita levando em consideração pontos importantes, sendo alguns deles o peso e o porte de cada animal.

Muitos tutores também têm optado pela alimentação natural, comprando diretamente de empresas especializadas ou cozinhando as refeições em casa. Mas lembre-se: é válido conversar com um veterinário em ambas as situações!

O importante é alimentar adequadamente o pet para que ele fique forte e saudável, livre de doenças bucais.

  1. Utilize produtos para ajudar na higiene oral do pet

Hoje existem várias opções de itens destinadas à saúde bucal dos animais. As alternativas variam desde petiscos e brinquedos antitártaro, até spray antisséptico ou solução bucal. 

Faça testes com seu bichinho e veja com quais desses itens ele se sente mais confortável. Assim, a limpeza dos dentes e de toda a boca acontece de forma natural e, quem sabe, até mesmo divertida para o pet!

  1. Visite o veterinário com frequência

Como foi dito antes, muitas das doenças orais dos animais de estimação se propagam de forma silenciosa.

E é justamente por isso que as consultas ao médico veterinário auxiliarão no combate às doenças bucais. 

O especialista será capaz de identificar se a limpeza realizada em casa está sendo feita de forma correta. Além disso, poderá analisar se há ou não a necessidade de fazer uma higienização no consultório. 

Esta é uma opção válida, pois sabemos o quanto os animais podem ser resistentes às limpezas na região da boca. Por isso, muitas vezes é indicado que a higienização seja feita por um veterinário e sua equipe. 

Portanto, a saúde bucal dos animais de estimação é tão importante quantos os cuidados mais comuns que os tutores já estão habituados. E ter a consciência disso é primordial para o bem-estar dos pets!

Então, levará o seu cão para passear ou irá dar banho nele? Ótimo! Mas lembre-se também da importância de higienizar a boca do seu bichinho!

Assim, a escovação dos dentes e toda a higiene bucal devem ser realizadas com frequência e de forma correta. 

Caso você tenha dúvidas de como proceder, não tem problema! Entre em contato com uma clínica veterinária de sua confiança e marque uma consulta. Com certeza um médico veterinário poderá te ajudar a cuidar ainda melhor do seu melhor amigo canino ou felino!

“Este conteúdo tem caráter publicitário e foi produzido pelo anunciante. A redação do Potengi News não se responsabiliza pelas informações contidas neste espaço.”

Francisco das Chagas Fernandes de Souza, 35 anos, servidor público (Gari), conhecido como Chaguinha Net. Em 2011 criou o Blog do Chaguinha Net e em 2018 foi além e criou o Portal Potengi News, possibilitando para a Região do Potengi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Aqui você pode conferir as principais notícias da Região Potengi, Rio Grande do Norte, Brasil e do Mundo.

Continue lendo
Propaganda

Notícias

MPF pede condenação de SBT, Sílvio Santos e União pelo quadro Miss Infantil

Competição erotizou meninas de até 10 anos; MPF quer exibição de programa educativo.

Publicados

em

Foto: Pixabay

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com Ação Civil Pública (ACP) contra o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e Sílvio Santos pelo quadro Miss Infantil no programa do apresentador e proprietário da emissora. A União também é ré pela omissão em fiscalizar a concessão do serviço público de televisão. A competição, que foi ao ar em setembro de 2019, exibiu meninas de sete a dez anos de forma erotizada, em roupas de banho e com perguntas e comentários de teor sexual do apresentador.

De forma liminar, o MPF pede, como efetivação do direito de resposta, a exibição de programa educativo sobre a vulnerabilidade biopsicológica de crianças e adolescentes e os riscos da adultização e sexualização precoces. O programa deve ter o mesmo tempo e repetições da competição infantil, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. A ACP também quer indenização de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, pagos pela emissora, pelo apresentador e pela União, que deve ser revertido para o Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente (FNCA).

O procurador da República Camões Boaventura, autor da ação, ressalta que a Constituição Federal de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente conferem absoluta prioridade na proteção desse grupo de vulneráveis. “A veiculação de programa que expõe crianças a situações vexatórias, sexualizando, erotizando e ridicularizando sua imagem viola, frontalmente, o plexo normativo (…). Viola, ainda, as diretrizes constitucionais acerca da comunicação social”, explica. Para o procurador, o quadro, “além de violar diretamente a dignidade das crianças que participaram (…) ou acompanharam o programa na condição de espectadores, violou a dignidade, a imagem e a honra de todas as crianças e adolescentes”.

Exposição vexatória – Durante o Miss infantil, Sílvio Santos se dirigiu diretamente às crianças com perguntas como: “Você vai crescer assim toda exibida como você é?” e “Por que botaram lacinho na sua cabeça? Você não se sente mais infantil com lacinho na cabeça? Quem botou? Fala sério. Fala pra sua mãe que isso aí é coisa de criancinha”. O quadro não é um episódio isolado, mas parte de uma conduta reiterada do apresentador ao interagir com crianças em seu programa. Em 2016, um vídeo em que ele perguntou a uma menina se ela preferia “sexo, poder ou dinheiro” teve grande repercussão.

Prejuízos – A ação também se baseia em representação do Instituto Alana, especialista na relação entre mídia e infância. De acordo com o instituto, estudos demonstram que a erotização e objetificação de meninas diminuem a confiança e o conforto delas com seu corpo, levando à formação de emoções negativas como vergonha, ansiedade e autorrepugnância.

A ACP tramita na 4ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte sob o nº 0803353-58.2020.4.05.8400.

http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mpf-pede-condenacao-de-sbt-silvio-santos-e-uniao-pelo-quadro-201cmiss-infantil201d

Via Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte

Continue lendo

Notícias

Departamento Penitenciário Nacional abre inscrições para concurso de 2020

As vagas em aberto oferecem salários de R$ 5.865,70 e R$ R$ 6.030,23

Publicados

em

Foto/Crédito Divulgação

Na última sexta-feira (15), o DEPEN (Departamento Penitenciário Nacional) abriu as inscrições do concurso para Especialista Federal de Assistência à Execução Penal e Agente Federal de Execução Penal. Ao todo, serão 309 oportunidades para os níveis médio e superior. 

As remunerações de R$ 5.865,70 e R$ R$ 6.030,23 são oferecidas para especialistas e agentes, respectivamente. O cargo de Especialista Federal em Assistência à Execução Penal oferece vagas nas áreas de Odontologia, Psicologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e para Médicos Psiquiatras.

Os candidatos poderão se inscrever e acessar o edital do certame no site da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe), pelo endereço eletrônico www.cebraspe.org.br/concursos/DEPEN_20

Vale lembrar que o período de inscrição vai até o dia 5 de junho de 2020, e os valores das taxas variam de acordo com o cargo, sendo R$ 130 para especialista e R$ 120 para agente. O pagamento poderá ser realizado até o dia 30 de junho. A solicitação de isenção da taxa de inscrição pode ser feita por inscritos no Cadastro Único e por doadores de medula óssea em órgãos reconhecidos pelo Ministério da Saúde até às 18h do dia 5 de junho deste ano. 

A prova objetiva acontecerá no dia 6 de setembro de 2020 e todas as fases da primeira etapa serão feitas em todas as 26 capitais dos estados brasileiros, no Distrito Federal, em Catanduvas, no Paraná, e em Mossoró, no Rio Grande do Norte. No momento da inscrição, os candidatos podem escolher em qual cidade fazer a prova e qual o cargo desejado. 

Os aprovados serão realocados na Penitenciária Federal em Mossoró – Rio Grande do Norte, Penitenciária Federal em Porto Velho – Rondônia, Penitenciária Federal em Brasília – Distrito Federal, Penitenciária Federal em Campo Grande – Mato Grosso do Sul, Penitenciária Federal em Catanduvas – Paraná e na Sede do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) em Brasília – Distrito Federal.

Continue lendo

Notícias

Últimos dias para inscrições no programa Jovem Aprendiz dos Correios

Publicados

em

Foto/Crédito Divulgação

Os interessados em participar do Programa Jovem Aprendiz dos Correios 2020 devem ficar atentos: as inscrições vão até sexta-feira (29). Estudantes de todo o país que tenham entre 14 e 22 anos de idade completos e cursem, no mínimo, o 6º (sexto) ano do Ensino Fundamental, podem se candidatar.

O edital contempla o total de 4.462 vagas. Os jovens selecionados terão uma jornada semanal de trabalho de 20 horas e receberão um salário de até R$ 490,83 mensais – além de vale-transporte, vale-refeição ou alimentação e uniforme. Durante os 12 meses de contrato, o Jovem Aprendiz conciliará a parte teórica dos cursos de Assistente Administrativo ou de Assistente de Logística, com a parte prática das atividades exercidas nos Correios.

Até o momento, mais de 471 mil candidatos se inscreveram para concorrer às vagas do programa. 

Programa Jovem Aprendiz – Desde 2011, dezenas de milhares de jovens tiveram a oportunidade de conseguir sua primeira experiência profissional em uma das maiores empresas públicas do país. Uma década de comprometimento da empresa com a sociedade, contribuindo para a inclusão social de jovens. Mais detalhes sobre o Programa Jovem Aprendiz dos Correios 2020 podem ser encontrados no site www.correios.com.br

Continue lendo

Destaques