Conecte-se conosco

Tecnologias

Anatel anuncia medidas para banda larga mais acessível

Foto/Crédito Divulgação

Publicados

em

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou nesta sexta-feira (17) uma série de intervenções no mercado de atacado de telecomunicações – formado por grandes redes de tráfego, por onde passam informações e dados dos serviços (como a voz em uma ligação ou uma mensagem de e-mail).

As medidas, previstas no Plano Geral de Metas de Competição (PGMC), visam favorecer a competição na oferta de serviços em 3.909 municípios com pouca ou nenhuma competição no setor.

Conforme estabelecido, as grandes empresas – como Oi e Telefônica, na telefonia fixa; e Vivo, Claro, TIM e Oi na telefonia celular – terão que disponibilizar para os pequenos provedores de serviços de telecomunicação acessos a dutos de cabeamento, roaming nacional, troca de dados em alta capacidade e interconexão telefônica.

O diretor-presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, assinala que a iniciativa visa tornar o mercado mais eficiente, e podem resultar em redução no preço dos serviços para o consumidor final, em especial na banda larga.

Farinha de trigo e pão

“Começa um ciclo agora de maior dinâmica para o mercado de atacado”, disse Leonardo Euller que comparou a regulação da agência com a regulação do preço da farinha de trigo para favorecer o segmento de panificação.

“Eu posso regular o preço do pão ou escolher regular o preço da farinha e a partir disso estimular a competição no mercado do pão. O principal benefício é a melhoria da qualidade e a potencial redução dos preços dos serviços de telecomunicações, em especial a banda larga”, acrescentou.

A intervenção no mercado de dutos foi apontada pela agência como uma das principais medidas para favorecer os pequenos provedores, que já são responsáveis pela maioria dos acessos à internet no país. A redução do preço no mercado de dutos é de “centenas de vezes o valor mensal devido por quilômetro compartilhado. Em versões anteriores das ofertas, já foram registrados preços superiores a R$ 50 mil por quilômetro de duto compartilhado”, descreveu nota da Anatel. A agência apontou que os preços ficarão na faixa de R$ 120 a R$ 750 o km.

Já no mercado de dutos, a Anatel aponta que os provedores regionais de banda larga vão contar com melhores condições de transporte de tráfego em 2.493 municípios. Os preços terão uma variação de R$ 1,40 a R$ 24 o megabit por segundo (Mbps). As ofertas irão viabilizar as conexões nos seis grandes pontos de tráfego indicados pela agência: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba e Brasília.

De acordo com o superintendente de competição da Anatel, Abraão Balbino, os pequenos provedores terão maiores condições de expandir o serviço, especialmente em municípios de pequeno e médio porte.

“Este é um pleito de contestação dos provedores e principal falha de mercado no transporte de internet no Brasil. Ninguém entregava condições para os pequenos provedores, agora você tem um preço controlado para chegar aonde está o conteúdo em uma condição vantajosa. Isso vai ampliar a qualidade e reduzir os preços da banda larga em todos esses pontos”, disse Balbino.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Francisco das Chagas Fernandes de Souza, 34 anos, servidor público (Gari), conhecido como Chaguinha Net. Em 2011 criou o Blog do Chaguinha Net e em 2018 foi além e criou o Portal Potengi News, possibilitando para a Região do Potengi um espaço virtual de qualidade e credibilidade. Aqui você pode conferir as principais notícias da Região Potengi, Rio Grande do Norte, Brasil e do Mundo.

Continue lendo
Propaganda

Tecnologias

Celulares pré-pagos com cadastros desatualizados serão bloqueados em 17 estados nesta segunda

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

Os celulares pré-pagos que não tiverem cadastro atualizado depois de terem recebido notificação das operadoras terão as linhas bloqueadas nesta segunda-feira (18).

A medida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vale para consumidores dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo.

Segundo a Anatel, menos de 1% dos 91 milhões de celulares pré-pagos dessas regiões apresenta alguma pendência cadastral. Esta é última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas operadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel.meu ip

Continue lendo

Tecnologias

Novo beta do WhatsApp traz mudanças de navegação e promete bloqueio de prints

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

A próxima versão beta do WhatsApp, submetida para o programa de testes da Play Store (Android), traz algumas melhorias na interface de usuário, além de uma promessa que pode ajudar ou complicar muita gente. Segundo informações do WABetaInfo, a versão 2.19.106 do beta deve ganhar, nas próximas semanas, um recurso de autenticação que abre o app de mensagens por meio da impressão digital — a custo de travar permanentemente a possibilidade de “printar” conversas.

Primeiramente, vamos ao que a nova versão já tem: se você for um membro do programa de testes beta do WhatsApp no Android (é possível se inscrever pela própria página do app na loja da Google), a versão 2.19.106 altera alguns recusos de navegação: stickers e emojis, por exemplo, serão exibidos em duas abas vizinhas, com design de apresentação similar aos adesivos do Instagram (o recurso vem sendo chamado de “WhatsApp Doodle”), conforme a imagem abaixo:

Nova apresentação das abas de stickers e emoji, em novo beta do WhatsApp (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Repare que, dentro da aba de stickers, será possível ver as categorias de adesivos favoritos, bem como determinar aqueles terceirizados e aqueles padronizados oficialmente no aplicativo. Mais além, essa reformulação traz novos usos para os adesivos: para começar, há uma aba de busca por eles, e agora é possível “colá-los” em imagens compartilhadas, tal qual se vê nos stories do Facebook e Instagram.

Agora, sobre a promessa: a função de “Autenticação” é a que traz novas formas de proteger o usuário do WhatsApp. Acionável pelo menu de configurações, esse recurso permitirá que o app seja aberto e fechado de maneira independente da UI do Android, exigindo a impressão digital do proprietário para destravá-lo.

A ativação desse recurso, porém, automaticamente vai travar qualquer possibilidade de tirar uma screenshot (o famoso “printar a tela”) da janela de conversa. O WhatsApp não esclareceu os motivos para inserir essa parte da função, mas especulamos que tenha algo a ver com proteger usuários que printem imagens dos stories, por exemplo, ou ainda aqueles que consigam prender uma imagem em um print mesmo que o usuário que a enviou delete a mensagem em seguida.

Contudo, isso pode abrir um panorama perigoso: prints também são usados para a defesa de acusações infundadas, servindo até mesmo como prova pela justiça brasileira. Não é certo o impacto que isso pode trazer a casos do tipo, entretanto a capacidade desse tipo de registro pode ser recuperada se o recurso de autenticação pela digital for desativado.

A nova versão do beta já se encontra disponível para download, mas algumas funções estão sendo liberadas gradualmente.

(WABetaInfo)

Continue lendo

Tecnologias

Ribeirão Preto recebe o principal evento de provedores de internet do país

Direcionados para profissionais da área de telecomunicações, o Congresso RTI de Provedores de Internet e o Congresso RTI Data Centers vão abordar temas como 5G, IoT no agribusiness, fibra óptica e LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

A cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, receberá, nos dias 9 e 10 de outubro, o 10º Congresso RTI de Provedores de Internet e o 12º Congresso RTI Data Centers, importantes iniciativas voltadas ao setor de TI e Telecom. Com o aumento da demanda por conectividade e velocidade da Internet, capacidade de armazenamento e a segurança de dados, os segmentos de provedores de Internet e de data centers vêm apontando crescimento no Brasil, mesmo em tempos de crise.

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil registrou 32,058 milhões de acessos por rede fixa, em julho de 2019. Os provedores regionais de Internet, que são aqueles que têm cobertura limitada a uma determinada localidade, somaram 7,627 milhões de acessos (crescimento de 2,36% no mês), ou 23,79% de participação no mercado. São Paulo é o estado com maior número de provedores de Internet do país. São quase 3,8 mil empresas, do total de 17 mil operadoras SCM com licença da Anatel, em sua maioria atuando nos pequenos municípios do interior paulista.

O setor de data centers também registra uma expansão significativa no mercado mundial. De acordo com a empresa MarketWatch, subsidiária da Dow Jones & Company, especializada em sondagens financeiras, negócios e dados do mercado de ações, este segmento deve movimentar a cifra de US$ 62 bilhões até 2022. Só aqui no Brasil, a expectativa é de que, até 2021, o setor movimente mais de US$ 4,37 bilhões.

Os dois setores estão liderando a expansão de novas tecnologias da informação e transformação digital nas empresas, com a construção de redes de telecomunicações e na busca de operações cada vez mais profissionais. Esses assuntos serão tratados nos Congressos RTI de Provedores de Internet e Data Centers, que acontecerão nos dias 9 e 10 de outubro, em Ribeirão Preto, SP.

Uma das cidades mais ricas e um importante polo no setor de telecomunicações do estado de São Paulo, Ribeirão Preto se localiza próxima a importantes centros de negócios, tais como Franca, Barretos, São Carlos e São João da Boa Vista, Uberaba e Uberlândia, no Triângulo Mineiro. “A região também é um dos principais centros universitários e de pesquisa, gerador de tecnologia e mão de obra qualificada, o que credencia a cidade para receber estes, que são os principais eventos do setor de telecomunicações no país”, explica Monica Carpenter, diretora da Aranda Eventos, empresa organizadora do Congresso.

Exposição e Congresso – Direcionados para engenheiros, analistas de sistemas, instaladores, prestadores de serviços e empresários, o 10º Congresso RTI de Provedores de Internet e o 12º Congresso RTI Data Centers vão apresentar uma programação especial para esses setores, mostrando as últimas novidades em tecnologias e técnicas para esse mercado. Esta é a segunda vez que o evento é realizado em Ribeirão Preto. Em 2018, atraiu mais de 800 participantes. Dado o grande sucesso, a organização optou por repetir o congresso na cidade.

Os eventos também contarão uma área de congresso, palestras e workshops voltados ao desenvolvimento e ao empreendedorismo nesses setores. Temas como Internet das Coisas (IoT) no agribusiness, Fibra Óptica, LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados e 5G serão abordados por importantes players do mercado.

São esperadas as presenças de empresários, prestadores de serviço, profissionais da engenharia, pesquisadores, representantes governamentais, entre outros players desse segmento. “Trata-se de um palco para a geração e o desenvolvimento de negócios, voltados para setores que apresentam forte demanda em termos de tecnologia e de qualificação de mão de obra”, finaliza a executiva. 

Serviço:

10º Congresso RTI de Provedores de Internet e 12º Congresso RTI Data Center

Data: dias 9 e 10 de outubro

Local: Centro de Eventos – Ribeirão Shopping

Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540

Jardim Nova Aliança, Ribeirão Preto – SP

Informações e inscrições pelo site: www.rtiprovedoresdeinternet.com.br

Tel. (11) 3824-5300

Continue lendo