Conecte-se conosco

Esportes

21º Rally RN 1500 conhecerá seus campeões neste domingo

Quarta e última etapa será em Currais Novos

Créditos: Doni Castilho/DFotos e Gustavo Epifânio/DFotos

Publicados

em

A 21ª edição do Rally RN 1500 terminará neste domingo (7) após cruzar parte do  Rio Grande do Norte, proporcionando muita aventura, emoção e adrenalina. A quarta etapa largará e terminará em Currais Novos, no Sertão do Seridó, e definirá os campeões de 2019 nas categorias Carros, Motos, UTVs e Quadriciclos. E, pela primeira vez nos últimos anos, todas as categorias seguem abertas, o que deverá aumentar ainda mais a adrenalina nestes 104,68 km finais de trecho cronometrado. A largada está marcada para às 9h.

A condição desta edição acabou sendo determinada pelas condições climáticas no Nordeste. As chuvas acabaram influenciando, como aconteceu na etapa deste sábado, entre Assu e Currais Novos, quando a organização teve de encurtar a  especial em razão de trechos alagados. Isso, entretanto, não impediu uma etapa forte e repleta de surpresas, apresentando novos vencedores e mudanças na classificações.

Entre os UTVs, o dia foi da dupla Ruan Pablo Ferreira/George Martins(USP), que fechou a especial em 1h31min54seg para os 150, 09 km, seguido por Denisio do Nascimento/Idali Bosse (UPE), atuais campeões do RN 1500, com 1h32min10seg, e Vinícius Barbalho Mota/Rafael Shimuck (UPE), 1h33min03seg. Com isso, a liderança após três etapas é de João da C. Valentim/Decio Linhares,  com 5h59min35seg. Riamburgo Ximenes de F. Jr e Flavio Franca, que estavam na ponta e na terceira etapa terminaram em 13º, estão  na vice-liderança, com 6h02min24seg, enquanto Vinicius Barbalho Mota/Rafael Shimuck estão em terceiro lugar,  6h04min29seg.

Nas motos, a terceira etapa apresentou mais um novo vencedor. Depois de Jean Azevedo e Gregório Caselani, agora o melhor desempenho foi de Tunico Maciel (PDA), com o tempo de 1h24min58seg, seguido  por Tulio Malta (PDA), 1h26min27seg, e Gregorio Caselani (SPD), 1h26min49seg. Mesmo com a terceira posição, Gregório  segue liderando a categoria com 5h48min37seg, vindo  depois Tulio Malta, 5h49min22seg, e Tunico Maciel, 5h51min06seg.

Nos quadriciclos, os mais bem colocados do dia foram George Ximenes S. Girao, 1h50min20seg, Geison Pinheiro Belmont, 3h23min51seg, e Giovanni de Castro Ramos Filho, 4h07min30seg. Giovanni está em primeiro no geral, com 9h07min03seg.

Carros

Na disputa dos carros, os resultados do dia mudaram a classificação. O melhor tempo foi da dupla  Marcos Moraes/Fabio Pedroso (SP/PRT), 1h25min26seg, ficando em segundo, Mauro Shenekemberg/Filipe Bianchini (DF/T1), 1h25min59seg, e em terceiro Luiz Facco/Humberto Ribeiro (SP/OP), com 1h30min20seg. Marcos Baumgart/Edu Sachs, que venceram as duas etapas iniciais, tiveram problemas e não completaram a etapa.

Com isso, a nova classificação ficou dessa forma: Michel Terpins/Beco Andreotti, 5h55min08seg, Marcos Moraes/Fabio Pedroso, 5h57min19seg, e Mauro Shenekemberg/Filipe Bianchini, 5h57min35seg.

Neste domingo (6), o desafio será de 185,77 km, com especial de 104,68 km, largando e chegando em Currais Novos. A largada será às 8h, com deslocamento inicial de 47,84 km e final de 33,24 km. À tarde, a partir das 15h, está prevista a divulgação de resultados, entrega de prêmios, coletiva de Imprensa e encerramento, na Prefeitura Municipal de Currais Novos – Praça Des. Tomás Salustino – nº 90.

O Rally RN 1500 2019 é válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros, motos, quadriciclos e UTVs, com organização da KTC Produções e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).
Resultados da terceira etapa – Assu/Currais Novos

Carros
1) Marcos Moraes/Fabio Pedroso (SP/PRT), 01:25:26
2) Mauro Shenekemberg/Filipe Bianchini (DF/T1), 01:25:593) Luiz Facco/Humberto Ribeiro (SP/OP), 01:30:20
4) Fabio Ruediger/Eduardo Bampi (BA/PBR), 01:31:43
5) Luiz Carlos Nacif/Neurivan Calado (DF/PRT), 01:32:17
6) Carlos Ambrosio/Cadu Sachs (SP/OP), 01:32:49
7) José Silmar/Alisson Antunes (BA/PRT), 01:38:20
8) Julio Capua/Luis Felipe Eckel (SP/OP), 01:38:40
9) Paulo Roberto de Goes/Rogerio Coelho (SC/PBR), 01:39:24
10) Cristiano Antonio Rocha/Anderson Geraldi, (SPC), 01:49:54

Motos
1) Tunico Maciel (PDA), 01:24:58
2) Tulio Malta (PDA),    01:26:27
3) Gregorio Caselani (SPD), 01:26:49
4) Claudio Ferreira da Silva Junior (MAR), 01:27:47
5) Ricardo Martins (SPD), 01:27:53
6) Jean Azevedo(SPD), 01:28:12
7) Thiago Procopio(MAR), 01:30:33
8) Ramon Sacilotti (SPD), 01:32:30
9) Luciano Gomes (PDA), 01:33:16
10) Rami Sfredo (MAR), 01:34:15

Quadriciclos
1) George Ximenes S. Girao, 01:50:20
2) Geison Pinheiro Belmont, 03:23:51
3) Giovanni de Castro Ramos Filho, 04:07:30

UTVs

1) Ruan Pablo Ferreira/George Martins(USP), 01:31:54
2) Denisio do Nascimento/Idali Bosse (UPE), 01:32:10
3) Vinicius Barbalho Mota/Rafael Shimuck (Upe), 01:33:03
4) Cristiano Batista/Robledo Nicoletti (UOP), 01:33:52
5) Leandro Torres/Marcos Panstein (UOP), 01:34:12
6) Rodrigo Luppi/Maikel Justo (UPR), 01:34:13
7) João da C. Valentim/Decio Linhares (Upe), 01:36:08
8) Heronaldo Segundo/Kevin Luke (UPR),   01:36:13
9) Roberto Keller/Marcelo Almada Coelho Ritter (USP), 01:36:42
10) Adriano Benvenutti/Ivo Mayer (UOP), 01:37:36

Geral após três etapas

Carros
1) Michel Terpins/Beco Andreotti, 5:55:08
2) Marcos Moraes/Fabio Pedroso, 5:57:19
3) Mauro Shenekemberg/Filipe Bianchini, 5:57:35
4) Carlos Ambrosio/Cadu Sachs, 6:42:35
5) Julio Capua/Luis Felipe Eckel, 6:49:42

Motos
1) Gregorio Caselani, 5:48:37
2) Tulio Malta, 5:49:22
3) Tunico Maciel, 5:51:06
4) Ricardo Martins, 5:52:06
5) Jean Azevedo, 5:56:08

UTVs
1) João da C. Valentim/Decio Linhares, 5:59:35
2) Riamburgo Ximenes de F. Jr/Flavio Franca, 6:02:24
3) Vinicius Barbalho Mota/Rafael Shimuck, 6:04:29
4) Henrique W. Gutierrez/Andre Munhoz, 6:07:01
5) Leandro Torres/Marcos Panstein, 6:08:14

Programação:

Domingo, 7/04 – Especial 04
8h – 4ª etapa – Currais Novos/Currais Novos – 185,77  Km
DI – 47,84 Km
TE – 104,69 Km
DF – 33,24
15h – Divulgação de resultados, entrega de prêmios, coletiva de imprensa e encerramento.
Prefeitura Municipal de Currais Novos – Praça Des. Tomás Salustino – nº 90.

O 21º Rally RN 1500 é uma realização da KTC Produções e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA); Federação Potiguar de Automobilismo (FPA) e Federação de Motociclismo do RN (Femorn). O apoio é da ALE, Top Car Mitsubishi, IPPON Suzuki, Borilli Pneus Off Road, Prefeitura de Currais Novos, Prefeitura de Assu, Prefeitura de São Miguel do Gostoso, Sebrae. As parcerias especiais são com a Gestus Soluções em Gestão, Armação Propaganda, Sterbom, Armas e Bagagens, Escola Escritório, Revista DirtAction.

Mais informações no  www.rallyrn1500.com.br
Resultados no site www.chronosat.com.br

Continue lendo
Propaganda

Esportes

Fla vence o Vasco no 1° jogo da final carioca

Bruno Henrique poderia ter sentido o momento ao ter o gol anulado.

Publicados

em

De

Foto/Armando Paiva/ Agência O Dia

O Flamengo venceu o Vasco por 2 a 0 neste domingo, no Nilton Santos, e abriu boa vantagem na final do Campeonato Carioca. O resultado deve muito à grande atuação de Bruno Henrique, que marcou duas vezes e foi o principal jogador em campo. 

No próximo domingo o Flamengo poderá até perder por um gol de diferença que ficará com o titulo. Caso o Vasco vença por dois gols, o campeonato será decidido nos pênaltis. O melhor: Bruno Henrique Arrascaeta teve grande atuação, não há como negar. Os dois gols marcados por Bruno Henrique, no entanto, foram decisivos para ter o status de melhor em campo. 

O lateral do Vasco tem feito bons jogos, mas hoje não foi um deles. Ele falhou no primeiro gol de Bruno Henrique e deixou o time em situação delicada em campo. Abel barra Diego, e Arrascaeta corresponde O técnico do Flamengo, Abel Braga, finalmente deu o braço a torcer e colocou Arrascaeta no time titular mesmo com todas as peças à disposição. Pior para Diego, que parou no banco de reservas. O uruguaio fez sua parte e mostrou bom futebol. Participativo, ele procurava dar velocidade e tornar o jogo mais dinâmico. 

Assista aos melhores momentos da partida:

O Vasco, por outro lado, tinha como objetivo segurar o Flamengo. Se os primeiros minutos foram de toques de bola rápido e de futebol convincente, o Cruzmaltino tratou de equilibrar o duelo e manter o jogo preso no meio de campo. Fora uma chance com, Pikachu, a partida ficou bem feia e sem emoção. Maxi aparece em contra-ataque Sumido do jogo, Maxi López mostrava estar melhor fisicamente. O argentino deu alguns piques em campo que não ocorriam há poucos dias. 

Apesar da melhora, o atacante não teve grandes participações no primeiro tempo. Ele apareceu bem em um contra-ataque que terminou nas mãos de Diego Alves.  Após levar alguns sustos do Vasco, o Flamengo finalmente acordou no fim do primeiro tempo. Assim como ocorreu no início, o time conseguiu trocar passes e chegar ao gol de Fernando Miguel. Em alguns momentos o gol ficou próximo, mas nada ocorreu antes do intervalo. 

Bruno Henrique foi novamente um dos grandes personagens do clássico. Ele levou um cartão amarelo e ficará de fora da finalíssima. O atacante, então, decidiu colocar seu nome na história da final e abriu o placar. Danilo Barcelos afastou mal e a bola sobrou para o rubro-negro chutar para o fundo das redes: 1 a 0. 


Armando Paiva/ Agência O Dia

VAR anula gol do Fla e tem pane elétrica 

Aos 25min do primeiro tempo, Bruno Henrique viu a bola sobrar na sua frente, limpa. O atacante mandou para dentro do gol e saiu para comemorar seu segundo gol na partida. O lance, no entanto, foi anulado pela arbitragem, que utilizou o VAR e apontou impedimento do rubro-negro no lance. Curiosamente, minutos depois a cabine do VAR sofreu uma pane elétrica e parou de funcionar. 

Bruno Henrique poderia ter sentido o momento ao ter o gol anulado. Mas ocorreu justamente o contrário. O atacante não deixou a peteca cair e marcou o segundo dele e do Fla na sequência. Ele aproveitou bobeada na zaga e finalizou firme para vencer Fernando Miguel: 2 a 0.

Fonte: UOL

Continue lendo

Esportes

CBF define confrontos da quarta fase da Copa do Brasil

Santos e Vasco, dois campeões do torneio, fazem o duelo mais equilibrado desta etapa, que garante vaga nas oitavas.

Publicados

em

De

Foto/Crédito Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, sorteou nesta sexta-feira (12) os confrontos da quarta fase da Copa do Brasil. Os jogos serão disputados nas duas próximas semanas.

O duelo de destaque nesta etapa do torneio será entre Santos e Vasco. Nos outros confrontos, a Chapecoense terá pela frente o Corinthians. O Fluminense encara o Santa Cruz e o Bahia terá pela frente o Londrina. O Juventude é o único clube que ainda não conhece seu adversário, que sai da partida entre Bragantino, do Pará, ou Vila Nova.

Os times tentam uma das cinco vagas para as oitavas de final, onde entram os times que se classificaram para a Libertadores, os campeões da Série B, da Copa do Nordeste e da Copa Verde.

Os mandos de campo também foram conhecidos neste sorteio. Santos, Fluminense, Chapecoense, Bahia e Juventude abrem seus confrontos em casa. Dessa forma, Vasco, Santa Cruz, Corinthians, Londrina e Bragantino do Pará ou Vila Nova decidem a vaga diante de seu torcedor.

Repórter Cintia Moreira | Agência do Rádio Mais

Continue lendo

Esportes

Daniel Alves pode voltar para o Campeonato Espanhol

Sevilla pode ser o próximo time do jogador

Publicados

em

De

Ainda sem uma definição sobre a renovação de contrato com o Paris Saint-Germain, o lateral-direito brasileiro Daniel Alves pode retornar ao futebol espanhol na próxima temporada. De acordo com o ‘L’Equipe’, o Sevilla pode ser o próximo time do jogador. Ainda segundo informações do jornal, o clube espanhol já teria iniciado conversas para uma possível volta de Dani Alves ao Ramón Sanchéz Pizjuán. 

Fonte: Gazeta Esportiva

Continue lendo